Acontece no CEV - Redação Enem 2019: estudantes CEV são as únicas notas 1000 no estado CEV Vestibulares

CEV Vestibulares

Acontece no CEV

Redação Enem 2019: estudantes CEV são as únicas notas 1000 no estado

“Paciência, perseverança e dedicação” foram os grandes aliados de Vitória Castro, 19, uma das únicas estudantes a atingir a nota mil na Redação do Enem 2019 no Piauí. Além dela, Letícia Islavia também marcou a pontuação máxima. E o que elas têm em comum, além do talento para escrever? Ambas foram estudantes do CEV e fizeram o melhor preparatório do estado.

Com a presença de duas professoras em sala de aula, Patrícia Lima e Ana Cláudia Santos, a disciplina de Redação do CEV tem alcançado excelentes resultados por anos consecutivos. Não à toa, o Grupo atingiu a nota máxima em redação nos anos de 2013, 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019. Um feito que não surpreende a professora Patrícia, que também coordena a matéria. “A excelência no curso de redação do CEV ocorre devido a um conjunto de fatores, principalmente por conta de uma equipe muito bem preparada por meio de vários encontros pedagógicos, encontros de capacitação de corretores de redação com um grupo muito coeso. Além de uma carga horária que permite e escritura e reescritura do texto e o melhor: são duas professoras em sala de aula, em todas as aulas para atender as demandas do aluno, quanto a produção do texto e quanto a refeitura”, afirma Patrícia.

O acompanhamento disponível ao estudante que pretende fazer uma redação com excelência, também faz todo o diferencial da disciplina. Os alunos contam com monitorias em turno oposto, onde eles podem também entregar a redação para correção pela banca CEV, que conta com corretores mestres. O trabalho é feito de modo interdisciplinar, com as disciplinas de filosofia, sociologia, literatura, história e até mesmo áreas como a biologia também são muito importantes para compor as estratégias argumentativas e os repertórios socioculturais que os alunos utilizam na redação.

De férias em Fortaleza, Letícia Islavia recebeu a notícia de sua nota com muita alegria. Segundo a estudante, a orientação das professoras em sala de aula durante o preparatório foi fundamental para sua conquista. “Elas sempre me acompanharam, me ajudaram, me orientando a como melhorar meu texto, com dicas valiosas”, frisa a jovem.

Já Vitória Castro afirma que produzia em média três redações por semana e que a afinidade com a leitura vem desde criança, quando acompanhava a mãe em visitas às bibliotecas. Utilizando como pilares em seus estudos a paciência, a perseverança e a dedicação, Vitória diz ainda que a leitura de livros sobre a história do Brasil, Filosofia, Sociologia e Literatura proporcionam uma base forte para a produção de textos. “No dia da prova eu acho que é importante que o aluno esteja preparado para fazer uma redação e não para decorar um tema, porque você pode fazer qualquer tipo de texto se tiver uma base boa”. A estudante que quer concorrer a uma vaga em Medicina em Universidade pública, citou grandes escritores para construir os argumentos de seu texto, reforçando a importância da interdisciplinaridade.  

Tradição familiar

Com 19 anos, Vitória tem um histórico familiar inspirador, sua irmã mais velha, Débora, é formada em Medicina e também atingiu a pontuação máxima em sua redação do Enem. Já Isadora, a irmã do meio e também estudante do CEV, foi aprovada em primeiro lugar para o vestibular da UEMA no ano de 2018.

Para seu Vitório Oliveira, pai das jovens, o investimento na educação das filhas e a dedicação dispensada por elas, fizeram toda a diferença em seus resultados. “Eu sinto muita emoção, pois é mais uma de nossas filhas que consegue almejar essa conquista. Valeu a pena todo o nosso esforço, pois nossas filhas têm uma obstinação por estudos, raramente tivemos que manda-las estudar. Pelo contrário, elas competiam entre si, para ver quem tirava a melhor nota”.