Blog - Atenção, vestibulando (a)! Fique por dentro de algumas das principais informações relacionadas à Covid-19 e cuide-se! CEV Vestibulares

CEV Vestibulares

Blog

Atenção, vestibulando (a)! Fique por dentro de algumas das principais informações relacionadas à Covid-19 e cuide-se!

Quanto mais informações de qualidade forem buscadas a respeito da Covid-19, mais preparados todos nós estaremos para o enfrentamento dessa pandemia que tem assustado a todos. Por isso, fique bem atento (a) ao que nós, que fazemos o CEV Vestibulares, temos para lhe dizer através desse texto que foi feito com todo carinho para você. 

ORIGEM DA DOENÇA

Foi na cidade de Wuhan (sétima maior cidade da China, com 11 milhões de habitantes) que autoridades chinesas passaram a relatar casos de uma pneumonia misteriosa e bastante agressiva no fim do ano passado. Ao que tudo indica, o mercado de frutos do mar da cidade foi o epicentro da disseminação da doença (agora conhecida como Covid-19), que, por sua vez, é causada por um vírus denominado de SARS – CoV – 2, o novo coronavírus (nome mais popular).  Especula-se que morcegos e pangolins (uma espécie de animal silvestre) tenham sido os principais vetores de transmissão do vírus para os humanos.

O primeiro alerta da OMS acerca da doença foi feito no dia 31 de dezembro de 2019. E, desde então, o vírus se espalhou por todo mundo. Até o momento da produção desse texto (manhã do dia 25/03), um total de 336.006 casos foram confirmados em escala global, com 98.334 pessoas curadas e 14.641 mortes (segundo dados atualizados da Johns Hopkins University). No Brasil, são 2.201 casos e 46 mortes. 

COMO PREVENIR?

“O coronavírus é um vírus respiratório, que traz sintomas (iniciais) semelhantes ao de um resfriado comum. Ele causa realmente doenças mais graves em pessoas já com problemas de saúde (tais como diabetes e hipertensão – algumas das mais graves no contexto em questão) e/ou com idade mais avançada, que têm uma imunidade mais debilitada”, afirma o Dr. Ramon Nunes, pediatra do Grupo CEV.  

Devido à altíssima facilidade de contágio protagonizada pelo novo coronavírus (levando-se em conta que até mesmo pessoas sem sintomas podem disseminá-lo) e à inexistência de tratamento e vacinas adequados para o combate à pandemia, algumas medidas simples e outras mais “radicais” se fazem absolutamente necessárias por parte de todos nós.

1. Primeiramente, isolamento social (que é a mais “radical” e a mais importante das medidas de prevenção): quanto menos aglomerações, maiores as chances de controle da doença. 2. Lave as mãos várias vezes ao dia com água e sabão (gastando ao menos 20 segundos em cada lavagem). Na ausência de água e sabão, utilize um desinfetante para as mãos à base de álcool 70%. 3. Evite tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos quando as mesmas não estiverem devidamente higienizadas. 4. Cubra o nariz e a boca ao espirrar e/ou tossir. 5. Mantenha os ambientes sempre bem ventilados. 6. Não compartilhe objetos de uso pessoal. 7. Evite aperto de mãos, abraços e beijos.

QUAIS OS SINTOMAS DA COVID-19?

Febre, cansaço, falta de ar, tosse seca, congestão nasal, corrimento nasal, dor de garganta e diarreia são os principais sintomas da Covid-19. Mas apenas pacientes com febre persistente e desconforto respiratório (especialmente pessoas que tiveram contatos com alguém recém-chegado do exterior) devem ir às unidades de saúde, a fim de se evitar uma sobrecarga incontrolável dos serviços que, nesse sentido, podem ser prestados.

E aí, vestibulando (a)? Ficou alguma dúvida? O momento é, sim, de muita preocupação, mas não podemos nos deixar levar pela negatividade. Faça sua parte, previna-se, e em breve todos estaremos com nossas rotinas normais de volta!