Acontece no CEV - Esporte é desafio com aprendizado que transforma CEV Colégio

CEV Colégio

Acontece no CEV

Esporte é desafio com aprendizado que transforma

Judô, balé, handebol e futsal são apenas algumas das diversas modalidades esportivas ofertadas para os alunos no CEV Colégio. Além de movimentar o corpo e garantir mais qualidade de vida, o esporte é um aliado da educação, formando crianças e jovens mais empáticos, disciplinados e focados em seus objetivos.

As práticas esportivas são disponibilizadas como atividades do contraturno ou nas aulas de Educação Física. Desde a Educação Infantil, as crianças são estimuladas a participar de uma ou mais modalidades, até descobrirem suas habilidades. Durante as competições, internas e externas, a turma aprende a ter persistência, respeito com os adversários e exercita o trabalho em equipe.

“O esporte tem muito a ensinar, principalmente no desenvolvimento das habilidades socioemocionais, pois eles aprendem a lidar com frustrações, entendem melhor sobre disciplina e persistência, além de saberem que é preciso ir bem em sala de aula para continuar treinando. Todas as práticas esportivas oferecidas no colégio são pensadas para trabalhar corpo e mente, além de ser bastante divertido”, explica Gabriela Sousa, coordenadora de Educação Física do CEV.

Com tanto incentivo, é fácil descobrir talentos e contribuir para que cheguem cada vez mais longe. Recentemente, a equipe feminina de handebol foi campeã das Olimpíadas das Escolas Particulares, subindo no lugar mais alto do pódio. Os times de voleibol e futsal também ganharam destaque, trilhando caminhos para competições maiores.

A atleta de vôlei, Ananda Pereira, conta como começou a praticar o esporte na escola. “Meu pai jogava vôlei na minha idade, o que já foi uma inspiração para jogar. Também tive como exemplo o professor de Educação Física. O vôlei é um impulso para meus estudos, abri minha mente para ir em frente nessa modalidade esportiva e preciso continuar estudando para isso”, afirma.

O professor que foi exemplo para Ananda é o treinador da equipe, Henrique Sandro. Segundo ele, treinar as meninas foi empolgante. “Começamos desde o fundamento, com muito esforço. Então ver a evolução tão rápido é gratificante. O esporte ensina muito sobre paciência e concentração, habilidades necessárias para a vida”, conclui o professor.

Do CEV para o mundo

Colecionando medalhas à braçadas, o piauiense João Otávio Paixão acaba de ser convocado para a Seleção Brasileira de Natação. O menino de apenas 14 anos é aluno do 8º ano do Ensino Fundamental do CEV Colégio e vem se preparando para uma carreira internacional. Recentemente, João Otávio foi destaque no Campeonato Norte/Nordeste - Troféu Walter Figueiredo Silva, conquistando cinco medalhas nas cinco provas das quais participou. Da Paraíba, onde aconteceu a competição, o atleta trouxe na mala uma medalha de ouro, três de prata e mais uma de bronze, além da convocação para o time nacional.

“As últimas premiações e agora a convocação para a seleção brasileira abrem portas para competições ainda maiores, como o mundial ou as olimpíadas, que são meu grande foco. Para isso tento conciliar os estudos com os treinos, recebendo apoio dos dois lados para ajustar os horários. Minha família também me apoia bastante, inclusive no plano de sair do país”, conta o menino.

Também na piscina, Luís Eduardo e André Luís, alunos da unidade CEV Sul, brilharam nos Jogos Escolares Piauienses. Juntos, somaram seis premiações nas provas de natação, sendo um ouro, quatro pratas e um bronze.

Outro exemplo de sucesso que partiu das quadras do CEV foi o jovem atleta Francisco Prado, o Pradim. Sempre destaque em competições, continua na escola, mas passou a jogar futsal profissionalmente e hoje contabiliza experiências. Segundo ele, os maiores aprendizados do esporte são para a vida pessoal.

“O CEV ajuda muito na minha formação como estudante, como atleta e também como pessoa. Abriu portas na área esportiva, sempre com o apoio dos professores, que me dão dicas para melhorar constantemente. O esporte mudou minha vida, aprendi sobre respeito, honestidade, raça, fé e humildade, características que nunca podem faltar na vida ninguém”, conclui Pradim.