Blog - Conheça seus mestres! CEV Colégio

CEV Colégio

Blog

Conheça seus mestres!

O que o palmeirense, a fashionista, o baterista e a tik toker têm em comum? Eles fazem parte da melhor equipe de professores do Piauí e a partir de hoje, conheceremos um pouco mais sobre eles. 

Cláudio Farias - O amante das letras

A leitura é o hábito mais certeiro para quem deseja adquirir novos conhecimentos, mas para o professor Cláudio Farias foi o pontapé inicial para sua paixão pelo mundo das letras. “O contato com os livros despertou em mim um desejo de mergulhar nesse mundo da escrita, da leitura e do conhecimento da língua”. 

Em sala de aula, ele procura através de seus ensinamentos despertar nos estudantes novas formas de enxergar o mundo, diante das diversas situações. “O nosso trabalho precisa ser feito visando o melhor aprendizado dos jovens, não somente em relação à língua portuguesa, mas na forma de como enxergar o mundo também. Nada melhor do que conhecer a sua própria língua e usá-la da melhor forma possível, independente do contexto”. 

Dedicado, ele ensina de maneira descontraída e proporciona um aprendizado mais eficaz na base da alegria. “Se você não tiver uma maneira bem descontraída, bem mais solta de passar para os meninos se torna algo muito cansativo para eles, essa é a forma que desenvolvo o trabalho na sala de aula”.

Mas, e o professor fora da sala de aula? Bem, o Cláudio pensa na sala de aula até quando está fora dela e por isso faz constantes atividades físicas, gosta de caminhadas e de futebol nos fins de semana, para estar disposto e com a mente revigorada enquanto leciona.


Ravena Monteiro - A Tik toker

A professora de Literatura, Ravena Monteiro, é o exemplo do que podemos chamar de influencer de alunos. Sua aula é sempre divertida e cheia de dinâmicas que envolvem os estudantes nos conteúdos passados. Sua paixão pela literatura piauiense é também um diferencial, que é transmitido aos jovens com muito bom humor e, às vezes até, através de peças teatrais.

Ravena é, além de tudo, uma grande amiga de seus alunos, não à toa é chamada por eles de a “rainha do deboche”, por conta do tom espontâneo com que ensina no dia a dia. Fora da sala de aula ela também é celebridade entre os jovens, pois faz sucesso na rede social de vídeos Tiktok. Além disso, ama se divertir com as amigas no karaokê. Eu disse cantora pop!! 


Marcos Paulo - Batera

Ele é professor de física e tem como meta facilitar o entendimento da disciplina por parte dos seus alunos. Para isso, foca em situações cotidianas para demonstrar que a física está em tudo ao nosso redor. Marcos Paulo leciona há 6 anos, sempre aliando conhecimento a momentos divertidos em sala de aula. 

Focado e cheio de ideias eletrizantes, ele é também baterista nas horas vagas. Fã de um bom rock, leva pra sala aula a alma extrovertida dos palcos, ensinando com alegria e entusiasmo. 

Conhecido pelos próprios alunos como ícone da sala de aula, Marcos é um TOP Voices da galera. 


Zildete Lima - Alto astral

A professora de matemática mais alto astral já vista nesta escola. Zildete Lima, além de ensinar sobre os números de uma forma mais fácil de ser compreendida, é também uma empreendedora nas redes sociais. Dona de um estilo próprio, gosta mesmo é de fazer tudo ouvindo uma boa música, seja rock ou forró, a energia é a mesma para preparar suas aulas dos dias seguintes.

Além disso, considera que o melhor de poder ensinar é estar aberta a também aprender com seus estudantes. “É muito gratificante, sou muito feliz em poder estar em sala de aula e ver o respeito recíproco”. 

Zildete é feliz porque faz o que ama e consegue resultados incríveis com seus alunos. “Para alguns a matemática é um bicho de sete cabeças, por isso, tento deixar eles à vontade para que vejam como é gostoso aprender. Eu fico muito feliz quando saio de sala e vejo que minha aula foi 100% proveitosa”.


Antônio Leite - Mais que um professor, um mestre

Antonio Leite é professor de química há mais de 20 anos e nunca esqueceu quem o inspirou. “Durante o Ensino Médio, tive um grande mestre de química e ele foi um espelho para mim. Perceber que ele era admirado pelo seu talento e sabedoria, me fez querer o mesmo para mim”. 

Sua paixão pela química só cresceu com o passar dos anos e hoje ele transmite tudo que sabe com amor, dedicação e leveza. “A química é extraordinária, ela tá presente em tudo que a gente pode imaginar, se formos pensar nela em nosso dia a dia, vamos encontrá-la desde a hora que a gente acorda até a hora que vamos dormir”, explica o professor com olhar de admiração. 

E, é esse mesmo amor pelos processos químicos, que Antônio sente ao lecionar para as turmas do Ensino Médio e ITA. “O reconhecimento dos alunos é minha gratificação, eu me sinto feliz em ter contribuído com o aprendizado deles de alguma forma. Eu tento fazer da minha disciplina, não só um conteúdo em si, mas algo divertido, mandando embora a apreensão e o medo do difícil. Aprender tem que ser prazeroso, por isso, eu procuro fazer o clima se tornar mais leve para que eles sintam essa empolgação”.

Mas, e o professor fora da sala de aula? Bem, o Antônio gosta de estar com os amigos, no entanto, a pandemia e o distanciamento modificaram esse hábito e o transformaram num grande fã de filmes de ficção científica e que adora séries como La Casa de Papel e Game of Thrones. 


Ricardo Rodrigues - Elétrico e pagodeiro

Coloque um livro nas mãos deste riverino e você vai ver sair algumas batidas de samba. O pagodeiro e professor de biologia, Ricardo Rodrigues, se inspirou no irmão mais velho na hora de escolher a profissão e acertou em cheio, palavra dos próprios alunos. 

Elétrico e extrovertido, em sala de aula procura fazer com que os alunos rendam o máximo possível e espera reciprocidade na empolgação para aprender. Apaixonado pela área da ecologia, transmite isso aos aprendentes, pois é um tema atual e extremamente importante para a sociedade. 

Bom de samba, antes da pandemia amava ver um bom jogo de futebol no Albertão e depois ir pro barzinho com os amigos. A vibe do que ele gosta de fazer nas horas vagas, só o Diogo Nogueira para descrever: 

“Pé na areia, a caipirinha, água de coco, a cervejinha

Pé na areia, água de coco, beira do mar” 

Música: Pé na Areia - Diogo Nogueira

Andreia Natielli - Amigona dos alunos

Ensinar Geografia cheia de estilo é com ela mesmo: Andreia Natielli. Apaixonada por moda, a professora é também a queridinha dos alunos e está sempre antenada com os acontecimentos atuais. Passando esse olhar atento aos seus aprendentes. 

Como hobbie, ela adora tudo que envolve o mundo das artes. Teatro, música, eventos artísticos e, claro, a moda. Com um look mais bonito que o outro, Andreia se destaca entre os estudantes e usa sua influência para fazer não só com que aprendam os conteúdos, mas também para conhecê-los melhor como seres humanos entre um intervalo e outro.  

“Sou professora, mas é fundamental entender o aluno e saber um pouco mais do seu dia a dia no intervalo entre as aulas”.


Pedro Batista - Temperamento zen

Com vocês... Pedro Batista! Nas horas vagas, leitor, cinéfilo e também excelente professor de história. Com um currículo vasto, sua didática não se restringe às escolas teresinenses. Com experiência no #IFPI e na #UFMA, faz parte da Família CEV desde o ano de 2015. “Sempre digo que não tenho alunos, eu tenho amigos”, destaca quando fala sobre como a sala de aula deve ser antes de tudo um ambiente humanizado e apto a formar pessoas sensíveis e empáticas acima de tudo. 

É tanto amor pelo trabalho que se torna uma extensão de sua vida. O contato com os livros e filmes deixa de ser uma ferramenta na sala de aula e passa a ser uma forma a mais de chamar a atenção dos estudantes. 

“A educação só acontece de verdade através dos vínculos de amizade e confiança”.