Blog - Cuidados com o B-R-O-BRÓ: saiba como proteger os pequenos da agressividade do sol. CEV Baby

CEV Baby

Blog

Cuidados com o B-R-O-BRÓ: saiba como proteger os pequenos da agressividade do sol.

Em Teresina, como em várias regiões do nordeste brasileiro, os últimos quatro meses do ano são marcados por muito Sol, altas temperaturas, e baixa umidade, o conhecido “B-R-O-BRÓ”. Essas alterações climáticas podem acarretar vários problemas de saúde, em especial nas crianças, dentre os quais podemos citar: problemas de pele, doenças respiratórias e as doenças infectocontagiosas.

Sendo assim, é essencial intensificar os cuidados (que já são realizados o ano inteiro) e aderir à determinadas medidas protetivas a fim de se reduzir o risco de adoecimento nos nossos pequenos. Logo, seguem abaixo algumas dicas acerca de como se enfrentar o calorzão de Teresina sem que sejam gerados danos à saúde do seu filho (a):

Protetor solar é indispensável

O uso do protetor solar é essencial em todos os períodos do ano, devendo sempre ser seguida a indicação do fator de proteção mais apropriado para cada tipo de pele. Vale lembrar também que o protetor deve ser usado várias vezes ao dia, incluindo os momentos de antes e após o banho de piscina/mar.

Uma boa hidratação também é fundamental

As crianças desidratam com maior facilidade do que os adultos, então a ingestão de água/sucos deve ser aumentada (não apenas quando houver sede) já que no B-R-O-BRÓ a perda de líquidos pela transpiração e respiração são maiores.

Atenção para os horários dos programas em família

Vai levar a criança para passear? Então dê preferência por horários antes das 10:00 horas da manhã ou após as 16:00 horas da tarde, pois a irradiação solar é menos danosa. Lembre-se sempre também do uso de óculos de sol e chapéu/sombrinha.

Respirar um ar menos seco é super importante

Usar umidificadores de ar (na casa como um todo e, em especial, nos quartos) ou até mesmo improvisar com bacias contendo água são ações que previnem o ressecamento de vias aéreas e, consequentemente, que reduzem o risco de doenças respiratórias.

Cuidado com os lábios!

Passar sempre o protetor nos lábios é fundamental, pois o ressecamento labial favorece o aparecimento de fissuras que causam desconforto e dor.

Mãozinhas devem ser mantidas sempre higienizadas

Deve-se sempre manter a higiene das mãos da criança, pois de modo geral elas levam as mãos até a boca e aos olhos com bastante frequência e isso favorece o aparecimento de doenças. Por exemplo: conjuntivites virais/bacterianas.

Por: Thayse Sousa; Coren-PI: 379.396