CEV Vestibulares

Blog

Conhecendo sua professora: Ana Cláudia

Ela é natural de Teresina. Fez graduação e mestrado pela UFPI. Nunca se viu trabalhando com outra coisa que não dissesse respeito às suas competentes atuações dentro das salas de aula. Domina com maestria o lindo universo da palavra escrita e, embora já tenha uma carreira de sucesso, sustenta uma legião de sonhos e planos a serem realizados. Essa é Ana Cláudia, professora de Redação do CEV.

A descoberta da sua vocação se deu bem cedo, de maneira bem natural: “Eu decidi ser professora aos 8 anos de idade. E foi algo que sempre levei a sério. No CEV ministro aulas de Redação no pré-vestibular, mas, também ministro aulas envolvendo a Língua Portuguesa em diversos cursos superiores”, diz. Segundo ela, mais do que uma profissão, o nobre ato de lecionar é algo que dá um sentido todo especial para sua própria vida: “ (Ser professora) significa que posso ajudar as pessoas a realizarem os seus sonhos. Isso é muito importante para mim. Sinto que é uma missão. Eu realmente me entrego”, afirma.

A satisfação de Ana dentro das salas de aula é diariamente reforçada pelo retorno mais do que positivo que lhe é oferecido por seus alunos: “A recompensa eu recebo na hora da aula, nos olhares concentrados dos meus alunos. Não tem preço receber toda essa atenção e de tantas pessoas ao mesmo tempo. Isso é maravilhoso”, garante.

Seu presente, que já é repleto de sucesso, parece constituir o prenúncio de um futuro ainda mais promissor. Ana quer mais. E, no que depender dos seus talentos e da sua força de vontade, todas as suas conquistas estarão mais do que garantidas: “Tenho muitos sonhos, dentro e fora da minha profissão. Quero ainda conseguir conciliar a vida pessoal com a profissional. Esse equilíbrio é difícil, mas, deve ser buscado sempre”, frisa.

Nas horas de folga, ela é bem eclética: “Amo ver séries, ir ao cinema, sair para conversar com minhas amigas, jantar com meu esposo e participar de reuniões de estudos bíblicos aos domingos. Ficar com minha família, jogar conversa fora. Quando posso, sempre faço algo dessa lista”, assegura. Para finalizar, Ana deixa um recado precioso para todos os que almejam evoluir tanto no âmbito pessoal, quanto no profissional, especialmente em se tratando de profissionais atuantes junto à Educação: “Acredito no crescimento pessoal. Acho que pessoas devem sempre ter sonhos e metas a alcançar. Este é o motor que nos move: ser o melhor todos os dias. Lecionar tem tudo a ver com esse pensamento”.

Gostou? Pois, nos diga que outras histórias você quer conhecer acerca dos nossos professores! Sua sugestão é muito importante para nós, e, em breve, pode ser concretizada aqui neste espaço!