Blog - Atenção estudantes CEV! Fiquem por dentro das dicas sobre alguns dos temas que podem ser cobrados na Redação do ENEM! CEV Vestibulares

CEV Vestibulares

Blog

Atenção estudantes CEV! Fiquem por dentro das dicas sobre alguns dos temas que podem ser cobrados na Redação do ENEM!

Sempre que o ENEM se aproxima é comum que estudantes e professores tentem descobrir, com o maior grau de exatidão possível, os temas a serem explorados na Redação. Nesse sentido, algumas dicas podem ser de grande utilidade para que esse processo de descoberta se faça algo, de fato, proveitoso e eficiente, tornando menos difícil a conquista da aprovação por parte dos vestibulandos.

Pontos a serem considerados

É muito importante que os estudantes façam um levantamento dos temas já explorados ao longo dos anos, a fim de que possam identificar padrões ou tendências. Por exemplo, é do conhecimento geral que as provas de Redação do ENEM costumam abordar questões focadas no Brasil, que tenham relação com o contexto social/ambiental do nosso território e que, de alguma maneira, possam ser associadas aos Direitos Humanos.

Partindo-se dessa base de informações já é possível, assim, que algumas opções sejam consideradas, tais como as que a professora de Redação do CEV Colégio, Patrícia Lima (que já acertou o tema por algumas vezes), levou em conta:

  1. Os desafios para doação de sangue no Brasil
  2. Os desafios para doação de órgãos no Brasil.
  3. Gestão de resíduos na atual sociedade brasileira.
  4. A questão indígena na atual sociedade brasileira.
  5. A problemática dos sem-teto no Brasil.

Mas, atenção! Leitura e prática são fundamentais!

É isso aí, vestibulandos! Por mais que seja importante esse “corre-corre” atrás dos possíveis temas a serem explorados na Redação do ENEM, nada substitui a leitura e a prática quando se tem essa disciplina como foco. Estar por dentro de tudo que está acontecendo no Brasil de mais importante na atualidade, tomar conhecimento de diferentes abordagens e pontos de vista sobre um mesmo assunto, potencializar seu próprio senso crítico a respeito dos mesmos, buscar referenciais históricos que possam dar sustentação aos seus argumentos, e.… escrever, escrever e escrever são iniciativas que farão total diferença na hora da prova, conforme assegura Patrícia: “Para elaborar um bom texto é preciso adquirir o hábito da leitura. Segundo o educador Paulo Freire, a leitura de mundo antecede a leitura da palavra. Dessa forma, é preciso, por meio da leitura, conhecer os assuntos em debate no mundo e, a partir disso, elaborar uma tese, ou seja, um ponto de vista. Outro aspecto importante é a utilização de estratégias argumentativas diversas (exemplo, dados estatísticos, comparação, depoimentos de especialistas no assunto, alusão histórica) para melhor fundamentar a tese. Além disso, a escritura e a reescritura devem ser semanais”. Então, fiquem ligados! A melhor preparação é a garantia de que, independente do tema a ser trabalhado, um texto de enorme qualidade virá à tona, podendo o mesmo ser determinante para sua aprovação!