Blog - CONHEÇA: WASHINGTON SUCUPIRA CEV Concursos

CEV Concursos

Blog

CONHEÇA: WASHINGTON SUCUPIRA

Ele é filho da Dona Gilda e do Sr. Ribamar; marido da Dona Sâmia. É pai de quatro filhas, e vê na sua família o sentido da sua vida. Já foi comerciante, depois foi Técnico em Classificação de Grãos na Secretaria de Agricultura do Estado do Piauí. Está no CEV há, aproximadamente, seis anos e acredita que a busca constante pela aquisição de novos conhecimentos é a receita ideal para dar sempre o seu melhor dentro das salas de aula. Esse é Washington Sucupira, professor de Atualidades e, quando necessário, Conhecimentos Gerais de Estados e Municípios do CEV Concursos.

Apesar de ter exercido outras funções (conforme elencado acima) depois que ele protagonizou, pela primeira vez, o papel de professor, nunca mais se viu fazendo outra atividade no âmbito profissional; foi amor à primeira aula: “Minha primeira experiência em sala de aula foi algo inesperado, foi um convite para substituir um professor logo no início do meu curso de Geografia. Então, entrei na sala e me senti extremamente à vontade. Ali eu percebi que eu poderia exercer a função de professor, que era exatamente o que eu tinha que ser. Foi algo único, que eu jamais vou esquecer. Eu sempre tenho comigo que ministrar aula é a brincadeira mais séria que existe”, relata.

Nesse sentido, ser um professor atuante no segmento de concursos representa algo que só amplifica esse senso de satisfação: “Trabalhar nas salas de preparatórios de concursos é muito gratificante em função do profissional estar contribuindo para as realizações dos sonhos de muitos concurseiros. E, ao mesmo tempo, isso nos motiva a ficarmos sempre atentos, buscando leituras, estudos, visando sempre a concretização de um trabalho que possa ser de grande valia para todos”, assegura.

Todo sucesso que é marca registrada da sua carreira, por sua vez, é sustentado mediante a motivação gerada por aquilo que Sucupira considera o maior de todos os bens, sua família: “A minha família é o meu norte, minha vertente, minha base. Minha esposa e minhas filhas completam a minha rosa dos ventos da vida. Tudo que eu faço é pensando exclusivamente nelas. Minha família é o meu referencial, a minha base de sustentação. Sem ela, eu não seria eu”, declara-se. Assim, no seu tempo de folga, estar ao lado daquelas pessoas que tem lugares cativos em seu coração representa sempre o que há de melhor para fazer: “Nas minhas folgas, eu gosto de sair com a minha família, fazer algo diferente. Eu coloco todas elas dentro do “sucumóvel” (maneira como chamo meu carro lá em casa) e saio com elas para nos divertirmos um pouco, sairmos um pouco do cotidiano da semana, mas, também gosto de leitura, gosto de ler muito, gosto de me informar”, diz, com bom humor.  

Para aqueles que estão batalhando nesse concorrido universo concurseiro, Sucupira deixa o recado, como sempre, muito otimista: “Você não faz preparatório para concurso para passar. Você faz preparatório de concurso até passar. Porque o preparatório é importante no processo de acúmulo de conhecimento, de informação. Ter uma orientação acerca do que estudar e como estudar, isso é importante. Então para quem já está nessa luta e ainda não obteve êxito: continuar. Uma hora vai chegar sua hora. Para quem está iniciando: disciplina. Disciplina diária de estudo, estar totalmente focado porque assim o resultado vai ser sempre positivo e a aprovação estará garantida. ”, finaliza.