Blog - Conheça o método SMART e alcance melhores resultados em concursos CEV Concursos

CEV Concursos

Blog

Conheça o método SMART e alcance melhores resultados em concursos

Além de uma rotina organizada de estudos, quem tem como objetivo passar em um concurso precisa, acima de tudo, de determinação e bastante foco. Nesse sentido, estabelecer metas que permitam a total absorção e aproveitamento do conteúdo estudado faz toda a diferença no alcance de resultados positivos. E é aí que entra o método SMART em concursos.

Trata-se de uma ferramenta eficiente para traçar e validar o planejamento de qualquer objetivo e, por esse motivo, pode ser proveitosa quando colocada em prática no preparo para provas e exames.

Pensando nisso, no artigo de hoje abordaremos a importância de se estabelecer metas eficientes para a conquista de bons resultados, explicando o que é e como o método SMART para concursos é capaz de lhe auxiliar nessa missão. Acompanhe!

A importância de se estabelecer metas eficientes

Não é novidade alguma que fazer um planejamento eficiente e seguir um bom plano de estudos são uns dos primeiros passos para quem almeja se sair bem tanto em concursos, como em qualquer outro tipo de exame. Mas, você já parou para pensar na importância da definição de metas na revisão e absorção de conteúdos?

Para quem se vê diante de uma lista extensa de coisas a serem estudadas para uma prova de concurso, definir metas pode até parecer uma perda de tempo — afinal, será que não é mais eficiente apenas começar a estudar logo e acabar com tudo o quanto antes? Bom, na verdade, não é bem assim.

Quem não estabelece metas, frequentemente, se depara com duas situações: como se preparar para tudo o que consta no edital do concurso, definitivamente, não é tarefa simples, sem um planejamento adequado, as chances de chegar no dia da prova sem ter conseguido alcançar nem metade da lista são altas.

Isso porque não adianta simplesmente preencher todos os seus horários com estudo, se não existe a possibilidade de cumpri-los.

O outro problema é precisar correr com um conteúdo complexo e mais pesado durante a reta final da preparação, uma vez que, devido à falta de metas, é comum que alguns comecem e gastem uma quantidade de tempo desnecessária com aquelas disciplinas mais fáceis.

Por fim, muito além dos aspectos mencionados, a definição de metas também é importante em outro ponto da sua preparação: a motivação e a disciplina.

Já imaginou como os seus estudos podem fluir bem mais se o conteúdo for dividido de maneira leve, porém, objetiva, sem que seja preciso rever uma lista pesada de disciplinas todos os dias?

Isso fará com que o concurseiro tenha a motivação necessária para cumprir cada atividade diária com mais rapidez, deixando de lado também a ansiedade e o nervosismo. Mas, onde entra o método SMART em tudo isso? Entenda a seguir!

O que é o método SMART e como aplicá-lo em concursos?

Criada por Peter Drucker, considerado por alguns o pai da administração moderna, o método SMART é utilizado para validar qualquer objetivo, auxiliando no planejamento de maneira eficiente.

Aqui, a palavra "smart" (que em inglês significa "esperto") é um acrônimo, formado pelas iniciais dos termos Specific, Mensurable, Attainable, Relevant e Time-based (SMART).

Vamos entender cada uma delas a seguir, entendendo como o método pode ser útil para os concurseiros:

Specific (específica)

Nesta primeira etapa do método, serão definidos e detalhados os desafios que você precisa enfrentar para atingir a sua meta. Lembre-se que, para que seja atingível, uma meta deve ser específica e de fácil compreensão.

Crie um objetivo específico de conhecimento que você gostaria de atingir até o dia do concurso, respondendo às seguintes perguntas: o que eu gostaria de estudar (tópicos ou páginas) e quando vou estudar?

Para uma meta geral que seria "direito previdenciário", por exemplo, um objetivo específico seria "definir os assuntos que mais caem nos concursos e o prazo para terminar este estudo". Isso porque que algumas matérias têm relevância maior no concurso do que outras, e saber isso, certamente, fará toda a diferença durante a sua preparação.

Measurable (mensurável)

Se refere à maneira com que você medirá o resultado alcançado. Para isso, estabeleça critérios concretos e meça o progresso em direção à realização de cada meta de estudo definida. Lembre-se que ao fazer isso você não só se prepara melhor, como também se sente mais motivado a estudar.

Aqui, faça perguntas como: quanto estudarei por dia? Como vou me certificar de que o conteúdo foi devidamente absorvido? Este último ponto pode ser comprovado realizando provas passadas, de modo a verificar o seu grau de aprendizado.

Attainable (atingível)

Assim como as metas precisam ser mensuráveis, é fundamental tomar cuidado para que elas sejam também atingíveis. Não estamos dizendo que não se deve ousar quanto aos objetivos, mas sim, que eles se mantenham sempre dentro da sua realidade.

Quando você define um objetivo inalcançável, como estudar um volume de conteúdo em um prazo de tempo extremamente curto, o insucesso na missão faz com que você se sinta desmotivado, nervoso e com vontade de desistir. Sendo assim, preste bastante atenção ao delimitar seu plano de ação.

Relevant (relevante)

Sua meta é relevante para seu objetivo final — nesse caso, alcançar melhores resultados em concursos? Para chegar a essa conclusão, analise cada uma de suas metas e veja se eles fazem sentido dentro de um contexto maior.

Você deve ter o melhor conhecimento possível das disciplinas no dia da prova, logo, não adianta querer ler um livro inteiro de uma determinada matéria como meta, se não sobrar tempo para estudar também as demais.

Time-based (temporizável)

Nesta última etapa do método, é preciso estabelecer um prazo para a sua meta. Se ela não tiver uma data limite, é possível que surja a tentação de sempre deixá-la para depois, prejudicando assim o seu objetivo final.

Sua preparação deve ser conduzida de modo que, no dia da prova, você tenha fechado o ciclo do edital e revisado todas as matérias cobradas, sem criar metas de estudo impossíveis de serem atingidas, como já vimos.

Com o artigo de hoje, ficou claro como o método SMART em concursos é uma das mais famosas ferramentas de autodesenvolvimento por sua ampla possibilidade de aplicação. Trata-se, portanto, de uma maneira eficiente para montar um plano de ação que lhe ajudará a atingir um objetivo maior, como o de passar em uma prova de concurso.

E você, gostou do conteúdo de hoje? Para continuar a leitura de conteúdos relevantes aos concurseiros, não deixe de conferir nosso artigo sobre como se dar bem em uma prova de raciocínio lógico!