CEV Colégio

Acontece no CEV

Bazar do bem! Equipes da VI Gincana CEV se preparam para provas especiais

Importante instrumento de transformação social, a solidariedade ajuda a mudar vidas. Um abraço, uma conversa e um gesto de carinho podem aliviar o sofrimento de alguém em estado de vulnerabilidade, além de despertar no outro os melhores sentimentos.

Existem em nossa cidade diversas instituições que acolhem pessoas em estado de abandono e vulnerabilidade. Espalhar a cultura da paz é também ajudar o próximo. Pensando nisso, a equipe organizadora da Gincana CEV 2018 divulgou as primeiras provas especiais.

As equipes da VI Gincana devem eleger uma dessas instituições para criar em torno dela uma campanha solidária. A prova especial terá duas tarefas:

Internet Solidária

As equipes deverão criar uma página no Facebook para divulgação da instituição escolhida. A página deve conter posts com depoimentos, vídeos e publicações que ajudem na criação de uma rede de apoio à causa. A rede social servirá também para anunciar o Bazar do Bem.

Bazar do Bem

Cada equipe deverá organizar um bazar para arrecadação de dinheiro. Toda a renda obtida será totalmente revertida para as duas instituições escolhidas pelas equipes. Os estudantes deverão montar uma estrutura com quatro barracas esteticamente padronizadas. Os caixas das duas equipes serão controlados pela Comissão Organizadora e poderão ser vendidos produtos em geral (roupas, calçados, acessórios) com exceção de produtos perecíveis, remédios, bebidas alcoólicas, cigarros e derivados.

O Bazar está marcado para os dias 25 e 26 de agosto, das 15h às 20h, no Espaço CEV.

Desafio do FITDANCE ‘Movimento da Paz’ é mais uma prova especial da VI Gincana Cultural

“Quem dança seus males espanta”. Espantar os males não é só privilégio de quem canta. A dança também promove inúmeros benefícios para quem pratica esse exercício físico. Além de tonificar os músculos e dar mais flexibilidade, a dança ajuda a combater algumas doenças, emagrecer, reduzir o estresse e melhorar a postura. Em suma, ela faz com que o corpo tenha mais equilíbrio físico e mental, além de promover e fortalecer conexões com outras pessoas.

E por falar em dança, a VI Gincana Cultural do CEV Colégio, que aborda este ano, o tema “Cultura da Paz – Ideias e atitudes transformando o mundo” traz uma tarefa especial para os participantes: o Desafio FITDANCE, que é um programa executado em várias academias de o todo o país e que torna a vida mais divertida e saudável por meio da dança.

Criada há cerca de três anos pelo dançarino Fábio Duarte, o programa FITDANCE se tornou sucesso com a publicação frequente de coreografias no Youtube, com aulas fáceis de executar, seguindo os passos dos dançarinos. A prática é bastante difundida em academias e promove danças coreografadas com exercícios que estimulam o corpo a se mexer. 

O desafio será executado da seguinte maneira: cada equipe  terá que compor três grupos com seis componentes para um duelo de coreografias. As coreografias e as escolhas das músicas ficarão a critério de cada equipe, que serão apresentadas diante de um júri de especialistas.

Os duelos do Desafio das equipes serão divididos da seguinte forma: duelo nº1 (Grupo de pais de alunos das séries regulares do CEV Colégio formado por três pais e três mães de alunos); duelo nº2 (Grupo formado por seis alunos do fundamental II das unidades do CEV Colégio) e duelo nº 3 (Grupo formado por seis alunos do ensino médio das unidades do CEV Colégio).

Além disso, as equipes terão que compor uma torcida organizada com no máximo 150 pessoas, que incluem alunos, egressos, professores e pais de alunos das séries regulares do CEV Colégio para ocupar um dos lados da arquibancada. Vale acrescentar que as torcidas poderão utilizar instrumentos de percussão para manifestar apoio durante as apresentações.

O Desafio FITDANCE que será promovido no dia 2 de setembro, às 17h na quadra da Unidade Kennedy, concederá 100 pontos para a equipe vencedora de cada desafio, além de dar 50 pontos para a melhor torcida. Lembrando que qualquer ato de intolerância, provocação de torcida, como também comportamentos e atitudes que não condizem com as normas da escola, consequentemente haverá punição imediata de 50 pontos e exclusão sumária dos envolvidos da Gincana.