Acontece no CEV - Aprendentes CEV são destaques na entrega de medalhas referente à OPQ (2016 e 2017). Confira! CEV Colégio

CEV Colégio

Acontece no CEV

Aprendentes CEV são destaques na entrega de medalhas referente à OPQ (2016 e 2017). Confira!

Na segunda-feira, 20, houve a entrega das medalhas da Olimpíada Piauiense de Química (OPQ) referentes aos anos de 2016 e 2017, no Cine Teatro da UFPI, e, como não poderia deixar de ser, os estudantes CEV por mais uma vez foram destaques. 

“O desempenho dos alunos do CEV na OPQ vem sendo uma crescente. Saímos de 10 medalhas (1 de ouro, 3 de prata e 6 de bronze) em 2016 para 14 medalhas (3 de ouro, 4 de prata e 7 de bronze) em 2017. Conseguimos, assim, um resultado bom e isso faz com que este ano redobremos os esforços para que possamos atingir um resultado ainda melhor”, afirma o professor Teixeira Neto, coordenador do núcleo de Olimpíadas do CEV.

Metodologia que forma campeões

O CEV Colégio oferece uma preparação continuada para os aprendentes que participam de Olimpíadas científicas. Dependendo da fase na qual se encontra a competição, são realizadas de 2 a 6 aulas semanais que fazem total diferença no resultado final obtido pelos estudantes, os quais, ainda segundo Teixeira, só tendem a colher bons frutos em decorrência da participação em certames dessa natureza: “Os benefícios são muito importantes. O primeiro deles é que o estudante passa a estudar mais as disciplinas  que são consideradas difíceis, tais como Matemática, Física e Química. Além disso, o aprofundamento nos conteúdos das disciplinas aumenta o nível de segurança do aluno diante de provas de vestibulares como as do ENEM, e de certames mais específicos, como são os casos dos vestibulares da FUVEST, do ITA e do IME”, pontua.

Vêm mais conquistas por aí

O histórico dos aprendentes CEV em Olimpíadas em conjunto com os ótimos resultados garantidos recentemente, fazem com que as expectativas com relação a um futuro próximo sejam, nesse sentido, as melhores possíveis: “Até o momento (considerando-se outros resultados além dos que foram obtidos na OPQ), temos como resultado concreto as 72 medalhas obtidas na Prova Canguru”, diz Teixeira. Isso faz com que a confiança dos estudantes e professores CEV seja amplamente fortalecida na medida em que novas competições se aproximam: “Estamos com uma expectativa enorme relacionada à OBF (Olimpíada Brasileira de Física), pois tivemos 93 alunos classificados para a 2ª fase, e também com relação à OBMEP”, finaliza.