CEV Colégio

Teste Seletivo

Acontece no CEV

Após mês de férias, estudantes do CEV Colégio retomam o período letivo

Agosto já começou e vem representando reinício. Passada a pausa das férias, é hora de retomar o período letivo. Já estávamos com saudades dos nossos aprendentes e conversamos com alguns deles para descobrir o que andaram fazendo durante o mês de julho e quais são as expectativas para o resto do ano. Além de ansiosos para reencontrar os amigos e os professores que convivem no dia a dia, eles demonstram empolgação para se dedicarem aos estudos e aprender bastante.

A Andréia Machado (1°B), conta que suas férias serviram para descansar e também para se planejar para o segundo semestre: “Consegui descansar, ler e fazer outras coisas que eu gosto, mas também consegui organizar meu horário de estudos”.

O Diego Mendonça (9° B) diz que conseguiu usufruir bem do seu tempo livre e que, depois dessa pausa, conseguiu voltar não apenas mais descansado como também mais focado: “Apesar de ser um tempo mais voltado para o descanso, para o lazer e para a diversão, a gente não pode esquecer as responsabilidades dos estudos, então eu também aproveitei para me organizar. Depois dessa pausa, volto descansado para correr atrás de superar as minhas dificuldades em alguns conteúdos”. Ele também chama alerta para o fato de que “como no primeiro semestre foi possível identificar as matérias que você tem dificuldade, agora é a hora de se dedicar à elas”.

O João Pedro Monteiro (9°A) diz que aproveitou bem as férias e ainda deu tempo de revisar o que não tinha conseguido aprender muito bem e que pretende mudar algumas coisas daqui pra frente: “Eu defini métodos e pretendo mudar meu ritmo e o horário de estudos em casa”.

Nessa perspectiva, aproveitamos para relembrar uma importante dica: ter um plano estratégico de estudos pode – dentre outros fatores – contribuir para um maior rendimento do aprendizado. Ficar muito tempo na frente dos livros não necessariamente significa ter bons resultados. Crie seu cronograma, treine o gerenciamento do seu tempo considerando também a escolha das suas prioridades, habilidades e dificuldades e cheque o seu progresso, que poderá ser percebido – a curto ou a longo prazo – no desenvolvimento de habilidades, como a leitura, a escrita, o raciocínio lógico e/ou capacidade crítica. Caso seja necessário, faça adaptações no seu plano de estudos de acordo com o que achar considerável. “O aluno que consegue organizar melhor sua rotina e estratégias de estudo, tende a ter melhores resultados pois consegue perceber com mais clareza seus avanços e onde precisa focar para melhorar o rendimento como um todo”, explica a psicóloga Layse Policarpo, do CEV unidade Frei Serafim.

E o progresso virá não apenas refletido em boas notas, mas também em qualidade de vida, afinal, a organização do seu tempo também contribui para que você tenha maior tempo livre dentro da sua rotina para usufruir de outros pontos importantes da vida.

Por fim, lembramos que o SOEP (Serviço de Orientação Educacional e Psicológica) está disponível para auxiliar todos os nossos aprendentes também na criação desse cronograma.