Acontece no CEV - “Amor de Pai é Coisa de Cinema”: confira tudo sobre o evento do CEV em homenagem ao Dia dos Pais! CEV Colégio

CEV Colégio

Acontece no CEV

“Amor de Pai é Coisa de Cinema”: confira tudo sobre o evento do CEV em homenagem ao Dia dos Pais!

Muita alegria, descontração e bom humor marcaram o evento “Amor de Pai é Coisa de Cinema” organizado pelo CEV no último sábado, 18, ainda em homenagem ao Dia dos Pais, no Shopping Rio Poty. Na oportunidade, dois filmes super divertidos foram disponibilizados em várias salas (Os Incríveis 2 e Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas) para que pais e filhos pudessem sorrir juntos por algumas horas, dando vida a um momento que, para muitos, não é tão frequente assim. O evento envolveu crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I e seus respectivos pais. 

“Nossa rotina muito corrida às vezes atrapalha (com relação à existência de momentos exclusivos de convivência para os pais e filhos), e, por isso, nem sempre podemos sair em função da criança. Essa é uma saída que a gente faz exclusivamente para eles”, diz Robson Coelho, pai de Clarice Coelho, aprendente CEV do 1º ano do ensino fundamental. “Um evento como esse é importante para que seja trabalhada a questão da interatividade da escola com a família. É também uma oportunidade de vermos nosso filho nas atividades extraclasse organizadas pela escola”, acrescenta.

“O evento “Amor de Pai é Coisa de Cinema” teve a intenção de ressaltar a importância dos momentos vivenciados entre pais e filhos, pois são através desses momentos que os laços afetivos são eternizados. A atividade desse ano visava proporcionar momentos de descontração e interação dos pais com os filhos”, afirma Viviane Vieira, Diretora Pedagógica do CEV Baby. Segundo ela, o feedback dado pelos participantes foi o melhor possível: “Percebeu-se que o momento foi de muita alegria e entusiasmo. Foi um momento no qual os filhos demonstraram satisfação por estarem acompanhados dos pais, apresentando-os para colegas de escola e para os professores”, enfatiza. 

Eduardo Moreira, pai de Samuel Moreira, também do 1º ano do fundamental, é outro a enumerar só boas consequências de ações como essa que foi viabilizada pelo CEV: “A gente reserva um momento só para eles, interage com coleguinhas e outros pais, além de ser uma oportunidade de conhecer quem está ao redor dos nossos filhos. Manter e desenvolver essas relações é muito bom”, garante. Ainda segundo ele, todos os lados envolvidos no evento saíram fortalecidos: “É um momento só dele (do filho) com a gente, e o colégio também só tende a ganhar com isso. Nesse sentido, o que for feito no intuito de que esses laços sejam fortalecidos é mais do que válido, especialmente nesse mundo de hoje”, finaliza.