CEV Baby

Blog

A "Virose da Mosca": medidas de prevenção

Mais conhecida como “virose da mosca”, a gastroenterite é uma doença viral e altamente infecciosa. Pessoas de todas as idades podem ser acometidas e é frequente a transmissão em ambientes coletivos como escolas e creches.

O contato direto de pessoa a pessoa é a forma mais comum de transmissão, mas pode também ser transmitida através da ingestão de água ou alimentos contaminados, contato direto com secreção de pessoa ou criança doente ou contato com objetos infectados. Após o contato a criança pode ficar de 24h a 48h até apresentar os sintomas.

Essas viroses apresentam sintomas semelhantes que podem incluir:

  • Febre
  • Dor no corpo
  • Desconforto abdominal
  • Vômito
  • Diarréia
  • Coriza
  • Moleza
  • Ardência nos olhos

Na grande maioria das vezes a doença é leve, dura em média menos que 14 dias e não necessita de medidas especiais a não ser assegurar a hidratação e alimentação da criança. Casos mais graves ou com duração muito prolongada devem ser vistos por equipe de saúde especializada.

PREVENÇÃO

- Tomar muita água para evitar desidratação;

- Manter a higiene do ambiente e dos alimentos;

- Brinquedos, mobiliário, pavimentos e áreas que estão frequentemente em contato com as mãos devem ser limpas e desinfectadas pelo menos uma vez por dia;

- Lavar as mãos constantemente;

- Cobrir a boca e o nariz com lenços de papel quando espirrar ou tossir;

ATENÇÃO:  

Se a criança apresentar sintomas de febre ou desconforto gastrointestinal  (vômitos, diarreia, dor abdominal), procurar atendimento médico e manter em afastamento das atividades escolares afim de minimizar a transmissão aos colegas.